sábado, 24 de agosto de 2013

7 criações artísticas bem diferentes das que você está acostumado a ver

 



7 criações artísticas bem diferentes das que você está acostumado a ver







O que é Arte para você? Vale tudo ou você é do tipo clássico que prefere falar em Da Vinci e Michelangelo? O fato é que tudo feito até agora tem valor inestimável e ninguém aqui quer contestar isso, mas é preciso falar também da arte feita atualmente, na contemporaneidade.
O site io9 fez uma lista com algumas obras recentes bastante intrigantes e bizarras, até. Nós selecionamos algumas delas para que você as conheça também. Depois nos conte o que achou dessas criações.


 

 

 

 

 

1 – Câmera-tatu








Fonte da imagem: Reprodução/io9

2 – Literat Rua

Fonte da imagem: Reprodução/io9


A proposta foi registrada em Melbourne, na Austrália.

3 – Endereço

Fonte da imagem: Reprodução/io9





Esse ninho foi instalado em Roterdã, na parede de um prédio. O artista responsável pela obra ficava olhando para baixo, com os braços abertos, como se fosse sair voando a qualquer momento.

4 – Dança da cadeira

Fonte da imagem: Reprodução/io9

Essa instalação foi feita na Turquia pela artista Doris Salcedo, que usou 1.550 cadeiras para compor o cenário.

5 – Enlatado

Fonte da imagem: Reprodução/io9

No início da década de 1960 o artista Pierro Manzoni fez uma seleção de enlatados, cujo valor era baseado no peso e na cotação do ouro à época. A embalagem diz “cocô do artista”, mas não se sabe ao certo se esse é mesmo o conteúdo da bizarra lata. Ao todo, foram produzidas 90 latinhas com conteúdo misterioso. Sabe-se que uma delas foi comprada em 2008 por impressionantes US$ 149 mil.

6 – Sabonete

Fonte da imagem: Reprodução/io9



Essa é uma das coisas mais bizarras de todos os tempos, mas os sabonetes que você vê na foto foram feitos com gordura humana – retiradas do próprio artista durante uma lipoaspiração,cada sabonete custa US$ 1 mil.

 

7 – Ilusão

O vídeo que você vai ver a seguir mostra como a obra exibida na capa dessa matéria foi aceita em Estocolmo, na Suécia. O que você achou da ideia?

Nenhum comentário:

Postar um comentário