sexta-feira, 19 de julho de 2013

Algumas dicas importantes para quem vai fazer uma entrevista de emprego...Não há como fugir: você vai ter que passar por essa situação em algum momento da sua vida.;a boa notícia é que isso não é um bicho de sete cabeças.

Algumas dicas importantes para quem vai fazer uma entrevista de emprego





Se você já passou por uma entrevista de emprego alguma vez na vida, provavelmente sabe que esse é um momento bastante tenso e cheio de expectativas. Como seu estado psicológico parece gostar de interferir negativamente na sua interação social em alguns momentos cruciais, é bem provável que você já tenha soltado alguma frase infeliz ou que tenha gaguejado, desmaiado, suado frio e por aí vai. E, para os nervosinhos de plantão, vem a boa notícia: você pode se sair bem nesse tipo de situação.
O portal Fast Company reuniu alguns conselhos fundamentais, retirados de pesquisas feitas por uma especialista no assunto: a escritora e jornalista russa que vive atualmente nos EUA Maria Konnikova. Nós selecionamos essas dicas para que você possa mandar bem na sua próxima entrevista.

Fora de contexto

Fonte da imagem: Reprodução/Vimeo
Maria acredita que entrevistas são ferramentas bobas que avaliam um candidato em um momento e ambiente que não fazem parte da rotina dele e que, por isso, não seriam ideais para servir como fonte a qualquer avaliação. O seu esforço para impressionar alguém durante uma entrevista de emprego jamais será igual ao que você terá enquanto estiver trabalhando. Portanto, impressione menos e procure ser o mais natural possível.

Um minutinho

Fonte da imagem: Reprodução/BusinessLetterFormat
Esse é o tempo médio que o seu entrevistador vai precisar para formar uma opinião a seu respeito, contribuindo com aquela velha premissa de que “a primeira impressão é a que fica”. É preciso que você entenda que, em uma entrevista de emprego, uma pessoa vai precisar julgar você sem conhecer direito a sua história. Escolha, então, o que você quer que seja visto. Nesse caso, a dica é manter a calma, ser simpático e seguro no que diz. Maria explica que a mesma resposta, dita por duas pessoas diferentes, vai causar impactos diferentes em quem as recebe. Fica a dica.

Questões exteriores

Fonte da imagem: Reprodução/LifeHacker
A pesquisa publicada por Maria explica dois fatores que talvez só sirvam para deixar você um pouco mais nervoso, mas que nós vamos contar mesmo assim: se o entrevistador estiver muito cansado, isso vai fazer com que a sua pontuação seja baixa; se você for o quarto candidato perfeito do dia, sua nota vai ser menor do que a do primeiro. Ou seja: talvez seja bom evitar marcar entrevistas depois do almoço, por exemplo. Se você tiver como escolher isso, vale a pena.

O que você pode fazer

Fonte da imagem: Reprodução/Club937
O site About.com relacionou outros fatores que podem fazer com que você se dê bem quando estiver mostrando seus atributos em uma entrevista de emprego. Comece sendo pontual, afinal, se você não conseguir chegar no horário no dia da entrevista, imagine depois, se for contratado.
Não interessa se você está metralhando currículos e não conhece nada a respeito da empresa que o chamou para uma entrevista. É preciso estudar um pouquinho do ambiente no qual se quer trabalhar. Ignorar isso seria como encontrar um desconhecido em um bate-papo na internet e marcar de conhecer a pessoa sem saber nada a respeito dela: pode ser perda de tempo e perigoso.
Esteja apresentável, olhe nos olhos, demonstre interesse, simpatia e boa vontade. Leve sempre com você uma cópia do seu currículo e procure conversar com o seu entrevistador como se ele fosse um ser humano comum, e não aquele ser mitológico de sete cabeças do qual você precisa morrer de medo. Tem mais alguma dica para compartilhar com a gente? Deixe nos comentários abaixo. Boa sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário